sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Veja atentamente...

A Natureza foi criada há milhões de anos atrás...

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/11/veja-atentamente.html

Enchendo nossos olhos com suas belezas naturais...

VAMOS DESCOBRIR...



Nos proporcionando água potável, alimento e muitas vezes, um local de descanso e lazer.
                                 



  
 Assim como para os animais....


E um bom local para plantas se desenvolverem... 



 Além da sua vasta biodiversidade...




Formando lindas paisagens...






Então nós ao aparecermos milhares de anos depois, tratamos de usufruir daquilo que a natureza nos oferecia...




Porém, com o passar dos anos fomos nos apropriamos mais e mais da natureza, tratando-a como nossa propriedade. No início nós a preservávamos, para sempre ter do que usufruir. 



E quanto mais o tempo passava, mais nos tornamos arrogantes, nos autoproclamamos seres superiores a todos da terra e cada vez mais tomamos espaço, destruindo tudo aquilo que era nos fornecido gratuitamente.

  
Com nossas máquinas e ferramentas sofisticadas fizemos tudo a favor do progresso da nossa raça ''superior’ ‘não medindo esforços para destruir aquilo que nos proporcionou e proporciona para nossa sobrevivência, destruindo até mesmo formações geológicas que levaram milhões de anos para se formarem.
                         
Poluímos ''nossa'' água potável








E como consequência da falta de consciência e conservação dos nossos recursos e a nossa ganância promovemos fome e miséria...      

      Cidades devastadas, com falta de terra produtiva para a produção de alimentos.




Comunidades inteiras de baixo da lama, matando pessoas inocentes, poluindo rios e extinguindo a vida existente ali.



 E causando a escassez de água própria para o consumo





Porém, nada é impossível, basta querermos. Deixamos aqui, o exemplo do grande doutor em economia e fotógrafo Sebastião Salgado que reflorestou uma área que havia sido devastada. Um começo para grandes mudanças.



Veja o vídeo dele neste link: Sebastião Salgado: O drama silencioso da fotografia.

E venha conhecer os trabalhos de Sebastião Salgado. Clique neste link: Artsy. Ou na imagem abaixo:


 https://www.artsy.net/artist/sebastiao-salgado
Fonte da imagem: SebastiãoSalgado.


Pare para refletir: A terra é nossa ou

nós somos da Terra?


" De nada adianta plantar árvores se no mesmo passo não for plantada a conscientização ambiental, o respeito pelo próximo e pelas futuras gerações. A pergunta não é que planeta vamos deixar para nossos filhos e sim que filhos vamos deixar para nosso planeta." 
André de Paula Viana.


E ANTES DE SAIR NÃO DEIXE DE SEGUIR NOSSAS COLEÇÕES NO GOOGLE+, ONDE TODAS NOSSAS POSTAGENS ESTÃO EM CATEGORIAS (PARA ACESSAR E SEGUIR BASTA CLICAR NAS IMAGENS ABAIXO):

https://plus.google.com/collection/slsfQB https://plus.google.com/collection/M-zdQB

 https://plus.google.com/collection/YU0mQB https://plus.google.com/collection/YLgT0

E NÃO DEIXEM DE VER MAIS SOBRE A NATUREZA INCRÍVEL E COMO PODEMOS CONSERVÁ-LA (CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS PARA ACESSAR OS LINKS):

Qual a diferença entre preservação e conservação?

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/04/qual-diferenca-entre-preservacao-e.html

4 comentários:

  1. E isso aí, André. Bela apresentação de um terrível problema. Percebi que vc. o postou há quase um ano e este é o primeiro comentário. É lamentável que assim seja, pois indica o grau de importância que o ser humano dá à sua própria sobrevivência como espécie animal. Enfim... ainda há esperanças; no caso do Instituto Terra lá de Aymorés, dos queridos Sebastião Salgado e Lélia Wanick Salgado (não os conheço pessoalmente mas pelo trabalho que realizam são, sim, muito queridos por mim) parece que o exemplo frutifica entre os vizinhos. Vamos ver como se comportam essas intervenções benfazejas, frente ao apocalíptico fim do Rio Doce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo,

      Pois é realmente o povo não da importância mesmo. É um ou outro, como você. São poucos, e o ditado já diz "uma andorinha não faz verão". Mas temos que continuar insistindo, mostrando, ajudando a passar o conhecimento para essa sociedade que acha que está tudo a mil maravilhas.

      Uma coisa eu digo, os poucos um dia serão muitos, pois é a união desses poucos que fará a diferença no amanhã.

      Muito obrigado pelo comentário Paulo, é sempre bom ter pessoas com relatos dos acontecimentos que aconteceram em nossas postagens.

      Grande abraço,

      Equipe BioOrbis.

      Excluir
  2. Muito bom, Equipe BioOrbis! Parabéns pela iniciativa de trazer esses assuntos tão importantes aqui! Comecei um blog hoje e o objetivo também é o de despertar as pessoas à reflexão e à mudança de atitude de forma a melhorar o Brasil (e, como um país não vive isolado, o resto do mundo, por conseguinte). Acredito mais em cada um fazendo a sua parte do que em esperar soluções milagrosas de políticos. Como você bem disse aqui, "basta querermos"! Se hoje pudéssemos contar com políticos honestos e competentes nos representando, certamente eles poderiam fazer MUITO, mas não poderiam resolver todos os problemas sozinhos, pois cada indivíduo igualmente deve ter consciência de seus direitos e deveres, consciência de que faz parte de um todo e para que o todo (a sociedade) funcione da maneira como desejamos, é preciso agir com solidariedade e respeito! Assim, quando finalmente o povo brasileiro tiver representantes engajados no bem comum e não somente em seu próprio bem, ele estará apto a trabalhar em conjunto com seus representantes, por um futuro melhor.
    Se puder, por favor, me siga no blog e no facebook. Sou nova nisso de escrever em blog, ainda não estou familiarizada com nada, nem sei como divulgar. Os links estão abaixo. De qualquer modo, obrigada!

    brasilporquemlhequerbem.blogspot.com

    https://www.facebook.com/gaoithe.sidhe.3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fada do vento,

      Você disse tudo e tirou as palavras da minha boca. Realmente é o que o Brasil precisa mesmo é de UNIÃO entre o povo, ai sim o país vai começar a seguir um rumo forte. E claro cada um fazendo sua parte, começando com coisas simples, do dia a dia mesmo, como dar um 'bom dia' pra uma pessoa desconhecida, porque as cosias simples são as que mais tem valor, pegue exemplo da natureza, um simples inseto (abelha) se for extinto pode levar a extinção de várias outras espécies.

      Pode deixar que vamos seguir sim, se puder mande seu e-mail também, como você é nova aqui no mundo dos blogs podemos futuramente até fazer uma parceria.

      Vamos entrar em contato, nosso e-mail é: meiovidavida@gmail.com

      No mais fica um grande abraço de paz e amor pra você.

      Equipe BioOrbis.

      Excluir