sábado, 22 de fevereiro de 2014

Pérolas negras

As pérolas negras naturais, aquelas que não são cultivadas por fazendeiros que criam ostras em condições perfeitas para a produção de pérolas negras, começam a se formar como uma pérola comum.

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2014/02/perolas-negras.html

VAMOS DESCOBRIR...

A sua formação começa quando um corpo estranho, como um grão de areia, fica preso da concha de uma ostra. A partir disso, o animal detecta o corpo estranho e o cobre com camadas de carbonato de cálcio, como forma de defesa do organismo. A substância vai endurecendo e forma a pérola.

Contudo, as raras pérolas negras, são formadas quando um grão de areia fica preso em um tipo específico de ostra, a Pinctada margaritifera, uma ostra do Taiti que, em vez de ter uma coloração clara como as outras ostras, possui uma listra no seu interior que tem coloração escura. Se a pérola se formar em contato com a listra, o resultado será o objeto negro. No entanto, de acordo com o portal Lifes Little Mysteries, mesmo entre as Pinctada margaritifera, isso é um fenômeno raro, acontecendo uma vez em cada 10 mil.

Fonte: TopBiologia

INCRÍVEL NÃO É MESMO? COMO É A BELEZA RARA DAS PÉROLAS NEGRAS. MAS NÃO VAMOS PARAR POR AI COM AS CURIOSIDADES, CLIQUEM NOS TÍTULOS OU NAS IMAGENS ABAIXO:

Vocês conhecem o Nautilus?

 https://bio-orbis.blogspot.com.br/2015/09/voces-conhecem-o-nautilus.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário